July 23, 2018 / 4:14 PM / 2 months ago

Associação de futebol alemã rejeita acusações de racismo feitas por Ozil

BERLIM (Reuters) - A Associação de Futebol da Alemanha (DFB) rejeitou nesta segunda-feira as acusações de racismo que recebeu do meio-campista Mesut Ozil, que disse no domingo que não jogará mais pela seleção porque enfrentou “racismo e desrespeito” devido às suas raízes turcas.

Meia alemão Mesut Ozil, antes do jogo contra a Suécia na Copa do Mundo da Rússia 23/08/2018 REUTERS/Michael Dalder

“Rejeitamos enfaticamente que a DFB seja ligada ao racismo”, disse a entidade em um comunicado. “A DFB está muito envolvida no trabalho de integração na Alemanha há muitos anos.”

Ozil, que joga no time inglês Arsenal, disse que o presidente da DFB, Reinhard Grindel, o culpou pelo mau desempenho da seleção na Copa do Mundo deste ano, considerando-o um alemão quando o time vencia e um imigrante quando perdia.

Por Michelle Martin

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below