December 16, 2018 / 2:47 PM / in a month

Real Madri retoma vitórias, mas fãs e mídia seguem pouco impressionados

MADRI (Reuters) - Com nove vitórias em 11 jogos desde que Santiago Solari substituiu o treinador demitido Julen Lopetegui, o Real Madri deveria estar cheio de otimismo, mas ainda assim há uma apatia evidente entre torcedores e mídia local enquanto o time voa para Abu Dhabi para defender seu título da Copa Mundial de Clubes.

Apenas 55 mil apoiadores foram ao estádio Santiago Bernabeu, com capacidade para 81 mil, para a vitória de 1 a 0 no sábado contra o Rayo Vallecano, apesar de ser um clássico local e o ultimo jogo do ano em casa.

O baixo comparecimento não foi um caso isolado: de acordo com o jornal Mundo Deportivo, o Real registrou a pior media de público nesta temporada desde a campanha 2001/02.

Aqueles que foram a campo viram uma vitória difícil e apontaram sua ira contra os jogadores com uma cacofonia de vaias quando o goleiro Thibaut Courtois foi forçado a fazer uma defesa dupla para evitar um empate ao final da partida pelo Rayo, que estava lutando contra o rebaixamento.

O Rayo havia sido esmagado por 10 a 2 em sua última visita ao Real em 2015.

“O Bernabeu está farto do (Real) Madri”, disse o jornal espanhol Marca.

O diário AS acrescentou: “Essa equipe do Madri é entediante”, após a segunda vitória consecutiva para a equipe de Solari depois de vencer por 1 a 0 na semana passada o Huesca, quando o time também sofreu pressão ao final do jogo.

A difícil vitória de sábado aconteceu três dias depois de uma derrota em casa por 3 a 0 para o CSKA Moscou na Liga dos Campeões, o que provocou protestos dos torcedores.

Essa foi a pior derrota do Real em casa na Europa, apesar de ele já ter se classificado para a fase eliminatória como líder de seu grupo.

O meio-campista do Real Marcos Llorente disse que ele e seus companheiros de equipe estavam satisfeitos com suas recentes performances, mas acrescentou que há espaço para melhorias. Ele pediu aos fãs para mostrarem seu apoio ao invés de ficarem no pé dos jogadores.

“Claro que podemos melhorar, mas dentro dos vestiários estamos felizes”, disse ele.

“Eu não concordo com as vaias, isso nos deixa mais fracos, eu prefiro que eles nos incentivem. Isso é o Real Madrid, as pessoas estão acostumadas com a gente ganhando o tempo todo, e quando as coisas não vão bem, eles nos colocam sob pressão, o que às vezes pode ajudar, mas seria melhor se ao invés disso eles nos incentivassem.”

Já o treinador Solari descartou as preocupações dos fãs e disse que a equipe está em boa forma.

“Fiquei muito satisfeito com o apoio dos torcedores durante o jogo, eles estavam conosco, mas a reação deles no final foi normal”, disse o argentino. O Real Madri está em quarto na liga espanhola.

“Estamos nos sentindo muito bem, vencemos nove partidas em 11, diminuímos a diferença para as equipes no topo, terminamos em primeiro no nosso grupo da Champions League, ainda estamos na Copa do Rei e agora vamos às finais, o que deixa os torcedores do Real muito animados”.

Por Richard Martin

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below