March 13, 2019 / 1:30 PM / 9 months ago

Cristiano Ronaldo é exaltado na Espanha por atuação de gala em vitória da Juve sobre Atlético

MADRI (Reuters) - Cristiano Ronaldo foi louvado pela mídia espanhola após o impressionante hat-trick na vitória de 3 x 0 da Juventus sobre o Atlético de Madri, que levou o time espanhol às quartas de final da Liga dos Campeões.

Cristiano Ronaldo, da Juventus, comemora gol marcado contra o Atlético de Madri 12/03/2019 REUTERS/Massimo Pinca

O oitavo hat-trick de Ronaldo na competição europeia de elite, que igualou um recorde, resgatou a Juventus de uma derrota de 2 x 0 na partida de ida em Madri e garantiu o avanço dos líderes da liga italiana com um placar agregado de 3 x 2.

Foi a quinta vez em que o atacante português ajudou a eliminar o Atlético da Liga dos Campeões, tendo vencido os espanhóis nas finais de 2014 e 2016 e os derrotado nas quartas de final de 2015 e na semifinal de 2017 quando jogada pelo Real Madrid.

“Cristiano dita sua lei”, estampou a capa do jornal espanhol Marca, enquanto o diário AS declarou Ronaldo, artilheiro do torneio, o “rei da Liga dos Campeões”.

Também houve lamento pelo fato de o Real, que foi eliminado pelo Ajax de forma humilhante na semana passada, ter permitido que seu artilheiro tenha partido por 103 milhões de euros em julho.

“O Madrid nunca deveria ter deixado um jogador destes escapar quando ele tinha contrato, era o maior artilheiro de sua história e um dos responsáveis pelas quatro conquistas na Liga dos Campeões”, acrescentou o Marca.

“Eles entregaram uma lenda por 100 milhões de euros. Acabamos de ver que Ronaldo é inestimável. Deixá-lo ir embora foi um erro histórico. Cristiano não valia 100 milhões de euros, valia 1 bilhão”.

Também surgiram críticas às táticas defensivas do Atlético e à sua tentativa de meramente proteger sua vantagem do jogo de ida. O time de Diego Simeone não deu um único chute a gol nos 90 minutos.

“Com Cristiano no clima para uma demolição e em uma daquelas noites que o tornam o atacante mais voraz e letal da história, a Juventus passou por cima do Atlético”, disse o El País.

“O time de Simeone caiu à moda italiana. Eles só esperaram para se defender, e receberam uma surra retumbante”.

O Atlético, que perdeu três finais da competição europeia, almejava chegar à final deste ano que será disputada em seu estádio Wanda Metropolitano.

Agora seu único foco é perseguir o Barcelona, líder da liga espanhola que tem uma dianteira de sete pontos no topo da tabela.

O meio-campista Saul se preparou para ouvir críticas em casa e fez uma avaliação arrasadora da atuação de seu clube.

“Seremos atacados por todos os lados, e temos que encará-lo”. “Eles foram superiores a nós em todos os sentidos, não conseguimos nem chutá-los, fazer falta neles ou mostrar nosso caráter. Faltou-nos inteligência”.

Por Richard Martin

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below