for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Verstappen supera Leclerc e dita ritmo no treino para o GP da Rússia

Max Verstappen liderou os treinos livres no GP da Rússia 27/09/2019 REUTERS/Maxim Shemetov

SOCHI, Rússia (Reuters) - Max Verstappen tirou Charles Leclerc, rival da Ferrari, da liderança nos cronômetros e foi o mais veloz do primeiro dia de treino para o Grande Prêmio de Fórmula 1 da Rússia.

O piloto da Red Bull foi superado por pouco por Leclerc, vencedor de duas das três últimas corridas, nos 90 minutos iniciais das atividades desta sexta-feira.

Mas o holandês, que também venceu duas vezes neste ano, reagiu com uma volta de 1min33seg162 depois do almoço, encerrando o dia 0seg335 mais rápido do que o monegasco.

“Hoje foi muito positivo, e o carro trabalhou realmente bem com os dois pneus”, disse Verstappen, que tem uma penalidade de motor de cinco posições a cumprir.

Valtteri Bottas ficou em terceiro, à frente do líder do campeonato, Lewis Hamilton.

Os colegas de Mercedes passaram à frente de Sebastian Vettel, cuja vitória em Cingapura na semana passada com a Ferrari encerrou uma seca de 13 meses para o tetracampeão alemão, que caiu da terceira para a quinta posição.

Apesar da má fase, que alguns comentaristas suspeitam se dever ao fato de a equipe estar andando mais devagar para esconder o potencial de seus carros, Hamilton e a Mercedes continuam a caminho de um sexto título duplo recorde.

O britânico, que venceu oito provas neste ano, tem uma dianteira de 65 pontos sobre Bottas na classificação geral e está 96 pontos adiante de Verstappen e Leclerc, que são seus rivais mais próximos fora de sua escuderia e dividem o terceiro lugar com seis corridas por disputar.

Por Abhishek Takle em Mumbai

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up