November 2, 2019 / 5:05 PM / 20 days ago

Djokovic vence Dimitrov para chegar à final de Paris, e Nadal abandona

PARIS (Reuters) - Novak Djokovic chegou à final do Aberto de Paris pela sexta vez, ao vencer o búlgaro Grigor Dimitrov por 7/6 (5) e 6/4, neste sábado, mas Rafael Nadal abandonou por problemas físicos.

O sérvio, número um do mundo que será superado por Nadal no topo do ranking da ATP na segunda-feira, venceu o tie-break do primeiro set antes de desgastar Dimitrov no segundo.

Djokovic enfrentará o canadense Denis Shapovalov na decisão de domingo, depois que Nadal, campeão de 19 títulos de Grand Slam, que garantiria terminar o ano na liderança do ranking com um título em Paris, abandonou o torneio minutos antes da sua semifinal com uma lesão abdominal.

O espanhol não quis correr riscos às vésperas do ATP Final, entre 10 e 17 de novembro, no qual sua participação agora é dúvida.

“Em um dos últimos saques do aquecimento, senti algo no abdômen. E imediatamente eu fui ao médico fazer uma ecografia e checar com ele, e o médico me disse que precisávamos esperar um pouco mais”, disse Nadal, em uma entrevista coletiva.

“Então, esperei uma hora e meia para fazer o segundo teste. Fizemos e vimos algo na imagem, provavelmente uma pequena distensão”.

Explicou que esperava estar pronto para o evento que encerra a temporada na Arena O2, em Londres, e faria “tudo que eu puder e tudo que for matematicamente possível para me recuperar para o torneio”.

“Mas, como vocês podem imaginar, não consigo responder a essa pergunta agora”, disse, ao ser questionado se estaria recuperado a tempo”.

O principal cabeça de chave Djokovic, que foi campeão em Paris quatro vezes e estará na sua quinta final de torneio nível Masters 1000, jogou melhor que Dimitrov em momentos chaves e sacou bem a partida inteira.

Não houve break points no primeiro set.

No tiebreak, Dimitrov abriu 5-3, após uma dupla falta de Djokovic, mas o sérvio recuperou sua compostura, empatou em 5-5, com um lobby defensivo incrível, e venceu o set ao fim de um longo rali de 35 golpes.

Dimitrov baixou a guarda no quinto game do segundo set, permitindo que Djokovic concluísse a única quebra de serviço da partida.

O vencedor de 16 títulos de Grand Slam manteve o serviço e reforçou suas chances de terminar a temporada como número um do mundo.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below