November 3, 2019 / 6:32 PM / in 19 days

Quenianos Kamworor e Jepkosgei conquistam títulos da Maratona de Nova York

NOVA YORK (Reuters) - Os recordistas mundiais de meia maratona do Quênia Geoffrey Kamworor e Joyciline Jepkosgei conseguiram vitórias na Maratona de Nova York neste domingo.

Kamworor recuperou o título em Nova York que conquistou em 2017 em 2h8min13 de prova e Jepkosgei surpreendeu a tetracampeã Mary Keitany, vencendo sua estreia na maratona em 2h22min38.

Kamworor, parceiro de treinamento do maratonista mais rápido do mundo Eliud Kipchoge, assumiu o comando nos três quilômetros finais, ficando à frente do compatriota Albert Korir (2h08min36) e do etíope Girma Bekele Gebre (2h08min38).

O atual campeão Lelisa Desisa, da Etiópia, desistiu da corrida com cerca de 11 quilômetros.

Desisa estava tentando a difícil tarefa de tentar vencer novamente apenas quatro semanas depois de conquistar o título do campeonato mundial no calor extremo de Doha.

Na prova feminina, Jepkosgei se desgarrou de Keitany, a atual campeã, a cinco quilômetros do final.

Keitany, que venceu em 2014, 2015, 2016 e 2018, terminou com o tempo de 2h23min32 e a etíope Ruti Aga ficou em terceiro com 2h25min51.

A suíça Manuela Schar ganhou seu terceiro título consecutivo na prova em cadeira de rodas ao superar a norte-americana Tatyana McFadden.

Já o norte-americano Daniel Romanchuk foi campeão em cadeira de rodas masculino, seguido pelo suíço Marcel Hug e o britânico David Weir.

Mais de 52.000 corredores competiram na prova em condições quase perfeitas para a maratona.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below