for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Bale se diz mais empolgado com o País de Gales do que com Real Madrid

11/11/2019 Action Images via REUTERS/Andrew Couldridge

(Reuters) - Gareth Bale correu o risco de aumentar o mal-estar entre ele e seu clube ao declarar que prefere jogar para o País de Gales do que para o Real Madrid antes da eliminatória crucial da Euro 2020 que sua seleção disputa no campo do Azerbaijão no sábado.

Bale não atua no Real desde a vitória de 4 x 2 sobre o Granada no dia 5 de outubro por ter se machucado no último jogo dos galeses contra a Croácia. Na sexta-feira passada, o técnico Zinedine Zidane declarou que o meia-atacante não está fisicamente bem o suficiente para jogar com seu time.

“Certamente tenho um pouco mais de entusiasmo jogando para o País de Gales. Com o País de Gales, falo minha própria língua e me sinto mais à vontade”, disse Bale em uma coletiva de imprensa antes da partida de sábado em Baku.

“Estive com a maioria dos outros jogadores, especialmente os mais velhos, desde que estávamos na Sub-17. É como jogar com seus amigos no parque em um domingo”, disse.

“Mas isso não muda o que eu dou no campo. Sempre dou 100% onde quer que esteja, e é isso que sempre me esforço para fazer.”

Bale conquistou quatro títulos da Liga dos Campeões com o Real, marcando gols cruciais em duas finais, mas sua relação com o clube está abalada há tempos.

Na pré-temporada, Zidane disse que queria vender o ex-jogador do Tottenham Hotspur, afirmando: “Se ele partir amanhã, melhor ainda.”

Por Richard Martin

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up