November 23, 2019 / 10:42 PM / 18 days ago

De virada, Flamengo leva Copa Libertadores com vitória por 2 a 1 sobre River Plate

LIMA (Reuters) - O Flamengo venceu a Copa Libertadores pela primeira vez em 38 anos ao derrotar neste sábado o atual campeão River Plate por 2 a 1, com dois gols de Gabriel Barbosa, o Gabigol.

Copa Libertadores - Final - Flamengo x River Plate - Estádio Monumental, Lima, Peru. 23/11/2019. Gabriel Barbosa, do Flamengo, comemora o seu segundo gol. REUTERS/Guadalupe Pardo

O River marcou primeiro com Rafael Borre aos 14 minutos e parecia estar chegando ao quinto triunfo da Libertadores.

No entanto, Gabigol, o atacante emprestado da Inter de Milão, disparou pelo campo nos últimos minutos de jogo para marcar dois gols e virar a partida.

O resultado deu ao Flamengo seu segundo triunfo na Libertadores e torna a equipe do Rio de Janeiro a representante sul-americana na Copa do Mundo de Clubes no Qatar, em dezembro.

O clube carioca entrou no jogo como favorito, na esteira de uma espetacular sequência invicta de 26 jogos.

Mas, jogando sua primeira final da Libertadores desde 1981, a equipe do técnico Jorge Jesus pareceu aquém do River Plate, que não dava sinais de abrir mão da liderança conquistada ao superar um a um rivais menos experientes.

No entanto, quando a partida parecia terminada, Gabriel Barbosa empatou o jogo.

E, em uma finalização que lembra a última vitória do Manchester United sobre o Barcelona na final da Liga dos Campeões de 1999, o atacante disparou novamente, já nos acréscimos, para balançar as redes, virando a partida e deixando os torcedores brasileiros em êxtase.

Gabigol foi expulso segundos antes do apito final, após um cartão vermelho para Exequiel Palacios, do River.

A final em Lima foi a primeira a ser disputada sem jogo de volta em território neutro nos 60 anos de história do torneio.

A partida estava marcada para acontecer em Santiago, Chile, mas foi transferida para Lima no início deste mês por causa de distúrbios políticos na capital chilena.

A mudança ocorreu um ano depois que a segunda etapa da final entre River Plate e Boca Juniors foi transferida para Madri, Espanha, depois que os torcedores do River atacaram o técnico do Boca quando este se aproximava do estádio.

Reportagem de Andrew Downie

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below