for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Donos do Manchester City adicionam time de Mumbai à sua coleção

Etihad Stadium, do Manchester City 26/11/2019 Action Images via Reuters/Jason Cairnduff

MUMBAI (Reuters) - Os proprietários do Manchester City, atual campeão da liga inglesa, adquiriram uma participação de 65% no time indiano Mumbai City, ampliando sua coleção para oito equipes de futebol espalhadas pelo mundo, incluindo China, Japão e Estados Unidos.

O Manchester City é a joia da coroa do City Football Group (CFG), cujo principal dono é o xeique Mansour bin Zayed Al Nahyan, de Abu Dhabi.

O acordo foi anunciado somente um dia depois de o CFG ter concordado em vender uma participação de 500 milhões de dólares à empresa de capital privado norte-americana Silver Lake, o que o torna o grupo de investimento em futebol mais valioso do mundo com um valor de 4,8 bilhões de dólares.

O Mumbai City, que tem entre seus proprietários o ator de Bollywood Ranbir Kapoor, já teve jogadores destacados como Freddie Ljungberg, Nicolas Anelka e Diego Forlán em seu elenco, e hoje é o 7º dos 10 times que disputam a Superliga Indiana.

A Índia, país de 1,3 bilhão de habitantes louco por críquete, ainda não conseguiu grandes feitos no futebol e não participou de nenhuma Copa do Mundo.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up