for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Everton demite português Marco Silva após humilhação em dérbi contra o Liverpool

Marco Silva durante partida entre Everton e Southampton pelo Campeonato Inglês 09/11/2019 REUTERS/David Klein

(Reuters) - O Everton anunciou a demissão do técnico Marco Silva nesta quinta-feira, um dia depois da equipe voltar à zona de rebaixamento do Campeonato Inglês após a derrota por 5 x 2 para o Liverpool no clássico da cidade.

O português, que chegou ao Goodison Park em maio de 2018, deixa o time na 18ª posição da tabela, com 14 pontos, depois da nona derrota em quinze partidas da liga nesta temporada.

“O Everton Football Club pode confirmar que o técnico Marco Silva deixou o clube”, informou uma nota no website do time.

“O acionista majoritário Farhad Moshiri, o presidente Bill Kenwright e o Conselho de Diretores gostariam de agradecer Marco por seus serviços nos últimos 18 meses e desejá-lo boa sorte no futuro”, acrescentou a nota.

“Duncan Ferguson assume temporariamente a direção da equipe principal e será o técnico contra o Chelsea no próximo sábado. O clube quer confirmar um novo treinador permanente o mais rápido o possível.”

Segundo relatos na mídia, Silva chegou a sobreviver a uma rodada conversas emergenciais entre a diretoria do clube depois de perder em casa para o Norwich City no mês passado, mas sua saída foi inevitável após as derrotas para o Leicester City e o Liverpool.

Na quarta-feira o Everton levou cinco gols do Liverpool pela primeira vez desde 1982, e o português admitiu que seus jogadores cederam à pressão da torcida e da equipe adversária em Anfield.

Reportagem de Hardik Vyas em Bengaluru

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up