for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Ressurreição do Watford continua com vitória por 2 x 1 sobre o Wolverhampton

Gerard Deulofeu do Watford comemora o primeiro gol com Abdoulaye Doucoure, Ismaila Sarr e o mascote Harry the Hornet. Via Reuters/Andrew Couldridge. 01/01/2020.

WATFORD, Inglaterra (Reuters) - Com dez homens, o Watford manteve sua boa fase sob o comando do novo treinador Nigel Pearson e reforçou as esperanças de evitar o rebaixamento no Campeonato Inglês ao vencer, em casa, o Wolverhampton por 2 x 1 nesta quarta-feira.

Gerard Deulofeu e Abdoulaye Doucouré marcaram para o Watford, antes de Pedro Neto descontar para o Wolverhampton, que não conseguiu aproveitar a vantagem numérica nos últimos 20 minutos, depois de o zagueiro Christian Kabasele ser expulso para os anfitriões.

Deulofeu abriu o placar, com uma boa finalização, aos 30 minutos, quando venceu o goleiro Rui Patrício com um chute colocado rasteiro no outro canto, após bom trabalho de Ismaila Sarr.

Doucouré fez 2 x 0 aos quatro minutos do segundo tempo ao cortar da esquerda para o meio e encontrar o ângulo com um chute firme que desviou no zagueiro Conor Coady e deixou Patrício sem ter o que fazer.

Neto reduziu os danos, aos 15, contando com um grande desvio que levou a bola por cima de Ben Foster, e o Wolverhampton aumentou a pressão depois de Kabasele receber cartão vermelho direto, depois de uma revisão do assistente de vídeo.

O zagueiro havia recebido cartão amarelo por derrubar Diogo Jota na entrada da área, mas o Watford se segurou nos minutos finais para comemorar sua terceira vitória pela liga sob o comando de Pearson, que também conseguiu um empate.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up