January 2, 2020 / 6:29 PM / 7 months ago

Dudamel deixa cargo de técnico da seleção da Venezuela

Técnico Rafael Dudamel, que deixou o comando da seleção da Venezuela 22/06/2019 REUTERS/Edgard Garrido/

(Reuters) - Rafael Dudamel deixou o cargo de técnico da seleção da Venezuela nesta quinta-feira, dizendo que o relacionamento com os dirigentes se deteriorou a ponto de ser melhor renunciar.

“Acho que é a melhor coisa para a seleção”, escreveu Dudamel, que estava no comando do time há quase quatro anos, em suas redes sociais.

“Estou deixando a posição para que um novo técnico possa aproveitar as condições de trabalho que não estavam mais disponíveis para mim”.

O ex-goleiro, de 46 anos, discordou publicamente de seus chefes, e já havia ameaçado renunciar.

Dudamel, que treinou as seleções venezuelanas sub-17 e sub-20 antes de assumir o elenco principal em 2016, deixa a “vinotinto” por cima, já que conseguiu vitórias sobre a Argentina e os Estados Unidos.

Seu sucessor terá a tarefa de conduzir o time nas eliminatórios sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022, que começam em março.

Dudamel não disse para onde vai, mas reportagens da Venezuela e do Brasil disseram que ele irá para o Atlético Mineiro.

O Atlético está ansioso por um recomeço após uma temporada decepcionante – o time terminou o Campeonato Brasileiro na 13ª posição no ano passado e não vence o Campeonato Mineiro desde 2017.

A única experiência anterior de Dudamel em clubes foi com as equipes venezuelanas Estudiantes e Deportivo Lara.

Por Andrew Downie

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below