for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Tsitsipas se recupera e vence Zverev pela ATP Cup

O tenista grego Stefanos Tsitsipas em lance da ATP Cup, na Austrália. 5/1/2020. (AAP Image/Albert Perez/via REUTERS

SYDNEI (Reuters) - O grego Stefanos Tsitsipas foi cirúrgico na sua primeira vitória do ano, na ATP Cup, neste domingo, em Brisbane, contra o alemão Alexander Zverev, que perdeu o controle emocional devido a problemas com seu serviço.

A decisão de Nick Kyrgios de não disputar o torneio devido a um problema nas costas não impediu a Austrália de derrotar o Canadá no novo torneio de nações da ATP, com uma vitória por 3 a 0 que garantiu vaga da nação nas quartas-de-final.

A Austrália derrotou a Alemanha no primeiro confronto e se classificou para as quartas em Sidney como vencedores do Grupo F, depois de a Alemanha derrotar a Grécia por 2 a 1.

Tsitsipas, campeão do ATP Finals, venceu a quinta seguida contra o alemão, número 7 do mundo, por 2 sets a 0, com parciais de 6-1 e 6-4. Zverev se irritou com as dez duplas faltas e uma porcentagem de apenas 45% de acerto do primeiro serviço.

Tsitsipas voltou à Pat Rafter Arena para a partida decisiva, de duplas, mas perdeu por 3-6 e 6-3 (17-15), e a Grécia sofreu assim sua segunda derrota na primeira edição do torneio que distribui 15 milhões de dólares e tem 24 nações competindo em Perth, Brisbane e Sidney por dez dias.

Com apenas duas semanas para o início do Aberto da Austrália, Zverev precisa consertar o seu serviço. Na sexta-feira, ele cometeu incríveis 14 duplas faltas na derrota em três sets para o australiano Alex de Minaur.

O alemão quebrou sua raquete repetidamente contra De Minaur. Diante de Tsitsipas, atirou o objeto duas vezes e aparentava estar quase chorando de tão irritado após uma quebra de saque no segundo set.

Tsitsipas, que derrotou Federer e Dominic Thiem no ATP Finals, em novembro, perdeu seu jogo inicial contra o canadense Denis Shapovalov, mas manteve o foco para vencer Zverev em menos de 1min15min.

Grigor Dimitrov levou a Bulgária à segunda vitória no torneio, contra a Moldávia, assim como o russo Daniil Medvedev, que derrotou o norte-americano John Isner com facilidade, por 2 sets a 0, parciais de 6-3 e 6-1.

Reportagem de Sudipto Ganguly

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up