for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Rússia derrota Argentina na ATP Cup; Austrália avança

Russo Daniil Medvedev faz jogada durante vitória contra argentino Diego Schwartzman 09/01/2020 REUTERS/Edgar Su

SYDNEY (Reuters) - Daniil Medvedev continuou a surpreender seus oponentes na ATP Cup nesta quinta-feira, obtendo uma vitória suada e tensa sobre o argentino Diego Schwartzman e levando a Rússia às semifinais da edição inaugural do evento de seleções.

Medvedev, quinto do ranking e invicto nas partidas de simples do torneio, venceu em Sydney por 6-4, 4-6 e 6-3 e defenderá os russos diante da Sérvia liderada por Novak Djokovic ou do Canadá.

Mais cedo, seu compatriota Karen Khachanov derrotou o argentino Guido Pella, que estava em um dia ruim, em parciais de 6-2 e 7-6(4). As vitórias deram à Rússia uma vantagem inalcançável de 2 x 0 nas quartas de final antes da partida de duplas.

O triunfo decisivo contrastou com a disputa acirrada do outro jogo de quartas de final do dia, em que a dupla debutante formada pelos australianos Alex De Minaur e Nick Kyrgios salvou quatro match points e conseguiu uma vaga nas semifinais em um tiebreak estendido de meia hora, usado no lugar do terceiro set.

Diante dos olhos do capitão russo, Marat Safin, Medvedev quebrou o saque de seu adversário duas vezes --e sofreu uma quebra-- em um primeiro set divertido, no qual seu forehand variou de sublime a descontrolado.

Schwartzman, número 13 do mundo, melhorou no decorrer da partida, atacando incansavelmente.

Os dois trocaram palavras duras a certa altura e a plateia se voltou contra Medvedev. O russo parecia prestes a implodir, mas se tratou de uma reação passageira.

Schwartzman venceu o segundo set, mas Medvedev se recuperou na decisão, recorrendo ao seu serviço poderoso para se salvar nos momentos difíceis.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up