for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Português Paulo Gonçalves morre após acidente no Rally Dakar

(Reuters) - O motociclista português Paulo Gonçalves morreu após um acidente na sétima etapa do Rally Dakar, na Arábia Saudita, neste domingo, disseram os organizadores.

O piloto de 40 anos da Hero Motorsports, em seu 13º Rally Dakar desde sua estreia em 2006, caiu após 276 quilômetros da etapa especial entre a capital Riad e Wadi Al Dawasir.

“Os organizadores receberam um alerta às 10h08 e enviaram o helicóptero médico que chegou ao motociclista às 10h16 e o encontrou inconsciente, após ter sofrido uma parada cardíaca”, disseram os organizadores em um comunicado.

“Após tentativas de ressuscitá-lo, o competidor foi levado por helicóptero ao hospital Layla, onde foi infelizmente declarado seu óbito”.

“Toda a caravana do Dakar gostaria de estender as sinceras condolências aos seus amigos e à sua família”.

Gonçalves foi o primeiro competidor a morrer no extenuante evento de resistência desde o motociclista polonês Michel Hernik, na Argentina, em 2015.

O português terminou entre os dez primeiros do Rally Dakar quatro vezes e foi vice-campeão em 2015, atrás do espanhol Marc Coma, que está competindo este ano como co-piloto do bicampeão mundial de Fórmula 1 Fernando Alonso.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up