for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Fifa nomeia ex-presidente argentino Macri como chefe de sua fundação

Mauricio Macri em Buenos Aires 27/10/2019 REUTERS/Carlos Garcia Rawlins

(Reuters) - O ex-presidente argentino Mauricio Macri foi nomeado presidente-executivo da Fundação Fifa, informou a entidade que controla o futebol mundial nesta terça-feira.

Macri, de 60 anos, foi presidente do clube Boca Juniors entre 1995 e 2007, antes de ser prefeito de Buenos Aires e depois se tornar presidente da Argentina.

A Fundação Fifa, cujo diretor-geral é o ex-jogador de futebol campeão mundial Youri Djorkaeff, foi criada em 2018 como entidade independente apoiada pela Fifa.

“É um grande prazer e uma honra anunciar que Mauricio Macri assumirá este cargo à frente da Fundação Fifa”, disse o presidente da Fifa, Gianni Infantino, em comunicado.

“Mauricio tem o perfil ideal para liderar este projeto... Através de sua experiência como líder de uma grande nação, ele conhece o papel central que a educação tem para o futuro de nossas sociedades e, como dirigente de um dos clubes de futebol de maior sucesso, sabe a força e a paixão únicas que nosso esporte gera”, acrescentou.

Durante o mandato de Macri no Boca, o popular time argentino conquistou 17 títulos - 11 deles internacionais.

“Agradeço ao presidente Infantino por esta demonstração de confiança e por me dar a oportunidade de combinar minhas três paixões: educação, futebol e trabalhar para jovens, para que tenham um futuro melhor”, disse Macri.

“Esta nomeação também é graças à Argentina, que deu e dá a esse esporte maravilhoso lendas únicas, fatos marcados para sempre na história do futebol e uma torcida que é conhecida em todo o planeta.”

Por Javier Leira

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up