February 1, 2020 / 5:19 PM / 4 months ago

Milhares choram a morte de Kobe Bryant, e os Lakers voltam à quadra em Los Angeles

LOS ANGELES, Estados Unidos (Reuters) - Dezenas de milhares de fãs de Kobe Bryant lotaram os arredores do Staples Center, na noite de sexta-feira antes do primeiro jogo do seu ex-time desde o acidente de helicóptero que causou sua morte no começo desta semana, chocando fãs de basquete na cidade e ao redor do mundo.

Fãs usando as camisas de Bryant pelo Los Angeles Lakers trouxeram flores, escreveram mensagens em paredes brancas temporariamente erguidas e compartilharam histórias sobre o ex-jogador de 41 anos, que morreu ao lado da filha Gianna, de 13, e sete outras pessoas, no domingo passado.

“Kobe Bryant significava muito para mim. Eu o vi durante 20 anos, desde que ele chegou à liga, e eu simplesmente o amo”, afirmou a torcedora do Lakers, Karina Mendoza. “Quero agradecê-lo por tudo que fez por nós em LA.”

Dentro do ginásio, onde se esperava tributos ao longo da partida, as camisas de Kobe e Gianna foram colocadas em dois assentos ao lado da quadra, onde a dupla se sentou no último jogo do Lakers a que assistiram. 

“Eu fiquei surpreso com o quanto me afetou assim que cheguei aqui e vi este memorial improvisado”, disse o torcedor do Lakers de 71 anos, Jim Bendat. “Meus filhos cresceram com Kobe, e Kobe significava muito para os três. Então eu meio que passei por isso ao lado dos meus filhos. De certa forma, é que nem perder um filho.”

Bryant jogou 20 temporadas com os Lakers e foi eleito para o Jogo das Estrelas em 18 delas, sendo cinco vezes campeão. 

Bryant e outras oito pessoas morreram quando o helicóptero que os levava a um jogo de basquete feminino caiu em meio à neblina na encosta de uma montanha no noroeste de Los Angeles, chocando o mundo esportivo. 

Depois da morte de Bryant, a NBA cancelou o jogo marcado para o Staples Center, na terça-feira, entre os Lakers e o Los Angeles Clippers, citando a necessidade de dar ao time tempo de luto.

O treinador do Lakers, Frank Vogel, esta semana afirmou que a tragédia estava unindo ainda mais o líder da Conferência Oeste e disse que os líderes LeBron James e Anthony Davis ajudaram seus companheiros a administrar as emoções.

“Estou de coração partido e devastado, meu irmão”, escreveu James no Instagram, na segunda-feira, depois de ser visto chorando no Aeroporto Internacional de Los Angeles no dia da morte de Bryant. “Prometo que continuarei seu legado, cara!”

No começo da sexta-feira, James publicou uma foto com uma nova tatuagem com uma cobra e as palavras “Mamba 4 Life”, referência ao apelido de Bryant, Black Mamba.

Davis publicou uma foto no Instagram dos dois sentados lado a lado durante as Olimpíadas de 2012.

A viúva Vanessa Bryant publicou uma foto de si mesma com o falecido marido e as quatro filhas no Instagram, na quarta-feira, seu primeiro comentário público desde o acidente. Vanessa, 37, descreveu a si mesma e as filhas como “completamente devastadas” e agradeceu aos torcedores pelo apoio.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below