for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Wolverhampton fica atrás do placar duas vezes mas vence Tottenham por 3 x 2

(Reuters) - O oportunista atacante Raúl Jiménez marcou um lindo gol aos 27 minutos do segundo tempo, e o Wolverhampton Wanderers superou o Tottenham Hotspur por 3 x 2, após ficar duas vezes atrás do placar, e de quebra ultrapassou o adversário na sexta posição da tabela da Premier League, o Campeonato Inglês, neste domingo.

Após perder por 2 x 1 para o Chelsea na última semana, o time de José Mourinho abriu o placar aos 13 minutos, com Steven Bergwijn aproveitando rebote de Dele Ali, que havia chutado fraco cara a cara com o goleiro Rui Patrício.

Os visitantes empataram 14 minutos depois, com o atleta da seleção irlandesa Matt Doherty aproveitando vacilo da zaga do Tottenham, que não conseguiu afastar cruzamento de Ruben Vinagre.

Serge Aurier pôs o time da casa à frente do marcador logo após o intervalo, recebendo a bola dentro da área e acertando um lindo chute com curva, usando a perna esquerda. Mas de novo os Wolves empataram, com Diogo Jota finalizando dentro da área aos 12 da segunda etapa

Depois que o meia do Spurs Dele Ali desperdiçou muitas chances, Diogo Jota deu o passe para Jiménez marcar o gol da vitória do Wolverhampton: toque na medida aos 27 do segundo tempo para Jiménez cortar para dentro e rematar com o pé esquerdo, colocando curva na bola, que morreu no fundo do gol.

A vitória colocou o Wolves na sexta posição com 42 pontos em 28 jogos, atrás do Manchester United apenas no saldo de gols. Já o Tottenham caiu para sétimo, dois pontos atrás do adversário deste domingo.

Por Philip O’Connor

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up