for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Corrida da MotoGP na Tailândia é adiada devido ao coronavírus

Piloto Marc Márquez, da Honda, durante corrida de MotoGP na Tailândia 06/10/2019 REUTERS/Soe Zeya Tun

BANCOC (Reuters) - A segunda corrida da temporada de MotoGP, que deveria acontecer na Tailândia no dia 22 de março, foi adiada por tempo indeterminado devido à epidemia de coronavírus, informou a modalidade nesta segunda-feira.

A decisão de adiar o evento na província de Buriram, no nordeste tailandês, veio um dia depois de a prova que iniciaria a temporada no Catar também ser cancelada devido às restrições de viagem a participantes da Itália e de outros locais.

Dos 22 pilotos que disputam o campeonato, seis vêm da Itália, que tem o pior surto de coronavírus na Europa.

“O governo tailandês comunicou que não será possível realizar o Grande Prêmio da Tailândia em sua data original”, disse a MotoGP em um comunicado com a Federação Internacional de Motociclismo (FIM) e a associação de equipes Irta.

Uma data alternativa será cogitada nesta temporada, acrescentou a entidade no comunicado. O vice-primeiro-ministro tailandês, Anutin Charnvirakul, que também é ministro da Saúde e presidente do comitê organizador do evento, já havia anunciado o cancelamento mais cedo.

O lendário heptacampeão mundial italiano Valentino Rossi, da Yamaha, disse ser uma pena não poderem iniciar a temporada neste mês. A próxima corrida está agendada para 6 de abril no Estado norte-americano do Texas.

“Depois de passarmos o inverno treinando, estávamos prontos para começar a temporada, tanto física quanto emocionalmente”, disse Rossi em um comunicado. “Após o teste no Catar, eu queria muito começar com a primeira corrida”.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up