for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Leipzig pede desculpas após retirada de grupo japonês de estádio por coronavírus

Jogadores do Leipzig comemoram gol contra o Schalke 04 22/02/2020 REUTERS/Leon Kuegeler

(Reuters) - O clube alemão RB Leipzig pediu desculpas a um grupo de japoneses que foi retirado do estádio durante partida de domingo na Bundesliga contra o Bayer Leverkusen em meio a preocupações com o coronavírus.

O Leipzig disse que seus fiscais foram orientados a realizar “checagens ampliadas em grupos de pessoas de áreas de risco em potencial”, seguindo as recomendações do Instituto Robert Koch para controle de doenças.

“Infelizmente, neste caso específico, devido à grande incerteza que existe atualmente em nosso país sobre esse tópico, foi cometido um erro na interpretação das recomendações para nossos convidados japoneses”, afirmou o clube em comunicado nesta segunda-feira.

“Gostaríamos e precisamos pedir desculpas por esse erro neste momento. Gostaríamos de compensar o que aconteceu e já estamos tentando entrar em contato com as pessoas envolvidas e convidá-las para o próximo jogo em casa.”

A Alemanha registrou 150 casos da doença.

O Leipzig não deu mais detalhes do incidente, mas a agência de notícias DPA informou que um grupo de cerca de 20 visitantes japoneses foi instruído a sair cerca de 10 minutos após o início do confronto.

A partida terminou empatada em 1 x 1, deixando o segundo colocado Leipzig 3 pontos atrás do líder Bayern de Munique.

Por Brian Homewood

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up