for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Sindicato apoiará jogadores de futebol que solicitarem adiamentos por coronavírus

Torcedores da Roma utilizam máscara de proteção contra coronavírus em partida contra Gent pela Liga Europa 27/02/2020 REUTERS/Francois Lenoir

ZURIQUE (Reuters) - O sindicato mundial de jogadores de futebol FIFPro informou nesta quarta-feira que apoiará os atletas que pedirem adiamento de sessões de treinamento, partidas ou competições devido ao surto de coronavírus.

O futebol tem sido afetado em todo o mundo, com competições adiadas em alguns países como China, Japão, Coreia do Sul e Itália, e partidas disputadas sem torcida em outros, como França e Espanha.

“Pedimos que os empregadores e os organizadores de competição respeitem os desejos dos jogadores por medidas preventivas de curto prazo, incluindo a suspensão de treinamentos ou competições”, afirmou o FIFPro em comunicado.

“Apoiamos os jogadores e suas federações que têm solicitado a suspensão ou o adiamento das atividades de futebol em seus países ou regiões.”

O sindicato dos jogadores espanhóis já pediu que a Liga fosse adiada, em vez de partidas sem torcedores.

O FIFPro acrescentou que jogos internacionais representam riscos especiais.

Algumas partidas envolvendo seleções foram adiadas, como as eliminatórias asiáticas da Copa do Mundo programadas para este mês, enquanto outras, como a repescagem para a Euro 2020, ainda devem ser disputadas.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up