March 13, 2020 / 7:43 PM / 4 months ago

Fórmula 1 pretende começar temporada afetada por coronavírus em maio

O CEO da Fórmula 1, Chase Carey, durante conferência de imprensa após anúncio de que o GP da Austrália seria cancelado em meio à epidemia do coronavírus. 13/3/2020 REUTERS/Tracey Nearmy

LONDRES (Reuters) - A Fórmula 1 planeja iniciar sua temporada devastada pelo coronavírus em maio, depois de cancelar a abertura deste fim de semana na Austrália e adiar as próximas três corridas no Bahrein, no Vietnã e na China.

A Fórmula 1 e a FIA disseram nesta sexta-feira que esperam começar a competição na Europa no fim de maio, sujeita a revisões regulares.

“A situação global em relação ao COVID-19 é fluida e muito difícil de prever e é certo que levaremos tempo para avaliar a situação e tomar as decisões certas”, disse Chase Carey, presidente da Fórmula 1.

Uma data no final de maio cancelaria as corridas em Zandvoort, na Holanda, e em Barcelona, na Espanha, atualmente marcadas para os dias 3 e 10 de maio.

O Grande Prêmio da Austrália em Melbourne foi cancelado por causa do surto de coronavírus apenas algumas horas antes do início da primeira sessão de treinos, em Albert Park, nesta sexta-feira.

Em seguida, foi adiada a corrida de 22 de março no Bahrein, já programada para ser realizada sem espectadores no circuito de Sakhir, e a estreia do Vietnã em Hanói, em 5 de abril.

A Fórmula 1 já havia adiado o Grande Prêmio da China de 19 de abril em Xangai.

((Tradução Redação São Paulo; 55 11 56447727))

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below