for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Noruega rejeita enviar atletas aos Jogos de Tóquio se pandemia não estiver sob controle

REUTERS/Issei Kato

OSLO (Reuters) - A Noruega não deve enviar atletas para a Olimpíada de Tóquio, a menos que a pandemia de coronavírus esteja sob controle, disse o presidente do Comitê Olímpico Norueguês, Berit Kjoell, nesta segunda-feira.

“Meu conselho claro à diretoria (do Comitê Olímpico Norueguês) é que não deveria enviar atletas para as Paralimpíadas ou Olimpíadas de Tóquio 2020, diante da situação séria”, afirmou Kjoell a repórteres.

O Comitê Olímpico e Paralímpico da Noruega e a Confederação de Esportes (NIF) enviaram uma carta ao Comitê Olímpico Internacional (COI) expressando sua preocupação, dizendo que a pandemia precisa estar sob controle para que os Jogos sigam como planejado, disse a organização em comunicado no domingo.

Adiar o evento, previsto para ocorrer de 24 de julho a 9 agosto, parece inevitável depois que Austrália e Canadá anunciaram que não vão participar e em meio a uma pressão cada vez maior sobre organizadores devido à crise do coronavírus.

“Estou absolutamente confiante de que o COI, o governo japonês, o governo de Tóquio e o comitê organizador assumirão a responsabilidade de estabelecer uma nova data o mais rápido possível”, disse Kjoell na segunda-feira.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up