for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Cresce esperança de retomada da liga chinesa com volta das equipes aos treinos

Torcedores da China 02/06/2018 REUTERS/Athit Perawongmetha

HONG KONG (Reuters) - O futebol chinês está avançando rumo ao retorno dos jogos, com as equipes retomando o treinamento nesta semana, embora ainda haja dúvidas sobre quando exatamente a principal liga do país pode iniciar a competição de 2020 que foi adiada por causa do coronavírus.

Os clubes da Super Liga Chinesa começaram a voltar aos treinos na segunda-feira, após adiamento da liga, originalmente marcada para começar em 22 de fevereiro, mas ainda há algum tempo antes do início da nova temporada.

Embora metade de abril tenha sido apontada como possível data para o retorno da CSL, o teste positivo no final de semana do ex-meia do Manchester United Marouane Fellaini pode atrasar esse planejamento.

O futebol foi suspenso em toda a região devido à pandemia. O Japão adiou o reinício de seu campeonato principal para 9 de maio.

Independentemente de data, jogadores e comissões técnicas estão de volta ao campo de treinamento na China, depois de passarem boa parte do ano no exterior.

“Treinamos em um nível modesto, concentrando-nos principalmente em força e condicionamento”, disse o defensor do Shanghai SIPG Yu Hai após a primeira sessão de treinos do clube na segunda-feira.

“É o primeiro dia que voltamos ao treinamento, e a intensidade será gradualmente aumentada, com certeza.”

Todos os 16 clubes da CSL estão de volta aos treinamentos na China, enquanto a equipe nacional, que estava treinando nos Emirados Árabes Unidos, em preparação para jogos das eliminatórias da Copa do Mundo, que acabaram adiados, se transferiu para a ilha de Hainan, no sul do país, no fim de semana.

Reportagem de Michael Church

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up