for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

É possível reiniciar futebol apesar de encerramento da temporada em Holanda e França, diz Uefa

Sede da Uefa em Nyon 28/02/2020 REUTERS/Denis Balibouse

MANCHESTER, Inglaterra (Reuters) - A principal autoridade médica da Uefa afirmou que é “definitivamente possível” planejar o reinício das ligas europeias de futebol, apesar de holandeses e franceses terem encerrado suas temporadas e de o ministro de Esportes da Itália elevar a perspectiva de um destino semelhante para a Série A.

O comentário de Tim Meyer, da Uefa, contrasta com o do presidente do comitê médico da Fifa, Michel D´Hooghe, que disse na terça-feira que o futebol não deve ser disputado até pelo menos setembro para limitar a propagação do novo coronavírus.

Meyer, presidente do Comitê Médico do órgão de administração do futebol europeu, disse nesta quarta-feira que, desde que sejam tomadas as medidas corretas, o esporte pode planejar a retomada da temporada atual.

“Ao discutir qualquer retorno ao futebol competitivo, a saúde dos jogadores, de todos os envolvidos nos jogos e do público em geral é de suma importância”, afirmou o alemão.

“Todas as organizações de futebol que planejam reiniciar suas competições produzirão protocolos abrangentes que ditarão as condições sanitárias e operacionais, garantindo que a saúde dos envolvidos seja protegida e que a integridade das políticas públicas seja preservada.”

“Sob essas condições e em pleno respeito à legislação local, é definitivamente possível planejar o reinício das competições suspensas durante a temporada 2019/20”, acrescentou Meyer.

A liga holandesa cancelou a temporada e, na terça-feira, o primeiro-ministro francês, Édouard Philippe, disse que o futebol profissional não poderá retornar antes de setembro.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up