for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Campeonato português pode voltar em 30 de maio, diz primeiro-ministro

Torcedores do Benfica, em jogo pelo campeonato português. 28/9/2019 REUTERS/Rafael Marchante

LISBOA (Reuters) - As últimas 10 rodadas da temporada da Primeira Liga, como é chamado o campeonato português de futebol, podem voltar a ser disputadas a partir de 30 de maio, anunciou o primeiro-ministro de Portugal, Antonio Costa, nesta quinta-feira enquanto o país começa a afrouxar o isolamento por conta da pandemia de Covid-19 para reabrir a combalida economia do país.

Costa disse que a liga precisará de permissão do Ministério da Saúde para voltar a operar e que as partidas serão disputadas a portas fechadas. Já esportes como o golfe e o tênis podem ser retomados na próxima segunda-feira.

O campeonato foi suspenso em 12 de março, quando o Porto FC liderava a tabela com um ponto de vantagem sobre o atual campeão Benfica, após 24 rodadas em uma animada disputa pelo título.

O Porto, que acabou a última temporada em segundo, tem 60 pontos, um a mais que o rival de Lisboa, e o Sporting Braga está distante em terceiro, com 46 pontos.

Portugal seria uma das primeiras das grandes ligas europeias de futebol a retomar os jogos após a pandemia de coronavírus. A França encerrou sua temporada antecipadamente decretando o PSG como campeão.

Portugal reportou 25.045 casos do coronavírus e teve 989 mortes, número comparativamente baixo apoiado por uma das maiores taxas de testagem do mundo, com 37 mil testes por milhão de pessoas.

O sistema de saúde do país permaneceu com a taxa de ocupação de leitos abaixo de 65% por toda a pandemia, com nove de cada 10 casos sendo tratados em casa e apenas 1% necessitando de tratamento intensivo.

Reportagem de Nick Said

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up