for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Técnico da Holanda deve deixar hospital nesta 2ª-feira após problema cardíaco

Técnico da seleção da Holanda, Ronald Koeman 05/09/2019 REUTERS/Fabian Bimmer

AMSTERDÃ (Reuters) - O técnico da seleção holandesa de futebol, Ronald Koeman, deve receber alta do hospital nesta segunda-feira após ser internado com um problema cardíaco, disse seu agente.

Com 57 anos, Koeman teve dois stents inseridos em artérias bloqueadas e está estável, disse o agente Rob Jansen. O técnico foi levado de sua casa para o hospital em Amsterdã por uma ambulância no domingo, depois de se sentir mal após um passeio matinal de bicicleta.

A Real Associação de Futebol dos Países Baixos (Knvb) desejou a Koeman uma rápida recuperação. “Foi um choque, mas felizmente já está muito melhor”, disse a autarquia.

Koeman é treinador da seleção holandesa há pouco mais de dois anos e supervisionou a qualificação do país para o Campeonato Europeu.

Devido à pandemia de Covid-19, ele agora estaria se preparando para levar o time ao seu primeiro grande torneio em seis anos depois de terem perdido a Euro 2016 e a final da Copa do Mundo de 2018 na Rússia.

Os campeonatos europeus foram adiados para o próximo ano.

Koeman, cuja carreira de jogador incluiu o sucesso na Liga dos Campeões com o PSV Eindhoven e o Barcelona, foi técnico do Everton na Inglaterra antes de ser nomeado para estar à frente da seleção holandesa.

Por Mark Gleeson na Cidade do Cabo

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up