for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Nadal está pessimista sobre retorno do tênis antes de 2021

Rafael Nadal enfrenta o sérvio Novak Djokovic em final do Aberto de Roma 03/05/2009 REUTERS/Alessandro Bianchi/

MADRI (Reuters) - Rafael Nadal não espera voltar a jogar tênis competitivo até 2021 devido à pandemia de coronavírus, que alterou grande parte do calendário deste ano.

“Espero que possamos voltar antes do final do ano, mas, infelizmente, acho que não”, disse o número 2 do mundo ao jornal espanhol El País nesta terça-feira.

A pandemia levou ao cancelamento de Wimbledon e ao adiamento do Aberto da França para setembro, enquanto o Aberto dos Estados Unidos, programado para acontecer normalmente no final de agosto, ainda está incerto.

Nadal, no entanto, disse que praticamente descartou o restante do ano e está mirando o Aberto da Austrália em janeiro de 2021 como o próximo torneio que ele jogará.

“Estou procurando me preparar para 2021”, acrescentou o espanhol.

“Estou mais preocupado com o Aberto da Austrália do que com o final deste ano. Acho que 2020 está praticamente perdido. Espero que possamos recomeçar no próximo ano, realmente espero que seja esse o caso.”

Reportagem de Richard Martin

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up