for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Schumacher é eleito por torcedores como pessoa mais influente da F1

Michael Schumacher comemora vitória no GP da China de 2006 em Xangai 01/10/2006 REUTERS/Aly Song

LONDRES (Reuters) - O heptacampeão mundial Michael Schumacher foi escolhido como a pessoa mais influente da história da Fórmula 1 em uma votação de torcedores no site oficial da modalidade.

O resultado foi revelado nesta quarta-feira, o 70º aniversário do primeiro Grande Prêmio de Silverstone de 1950.

Schumacher, piloto lendário da Ferrari que não é visto em público desde que sofreu lesões cerebrais graves em um acidente de esqui em 2013, derrotou o ex-chefe da F1, Bernie Ecclestone, com 61% dos votos no páreo final.

O alemão detém os recordes de títulos e vitórias (91), mas o hexacampeão Lewis Hamilton ameaça superar os dois.

Em rodadas anteriores da votação, Schumacher derrotou os falecidos campeões Niki Lauda, Ayrton Senna e Juan Manuel Fangio, além de Enzo Ferrari, fundador da equipe homônima.

Uma comissão de especialistas produziu uma lista final de 32 nomes dividida em quatro categorias: pilotos, chefes de equipe, inovadores técnicos e revolucionários.

A F1 disse que milhares de torcedores participaram, mas não deu detalhes.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up