for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

La Bombonera e Monumental de Nuñez são candidatos a sediar final da Libertadores de 2021

Vista de cerimônia realizada pela Conmebol. 3/12/2019. REUTERS/Luisa Gonzalez

ASSUNÇÃO (Reuters) - Os estádios argentinos La Bombonera e Monumental são alguns dos candidatos a sediar a final da Copa Libertadores de 2021, disse nesta quinta-feira a Conmebol, lista que também tem estádios no Brasil, no Chile e no Equador.

Além dos estádios do Boca Juniors e do River Plate, entre as outras sedes que buscam receber a final em partida única no final de novembro ou início de dezembro também estão a Arena da Baixada, do Atlético Paranaense, o Estádio Nacional de Santiago, segundo a organização que comanda o futebol sul-americano.

Para as finais dos torneios de 2022 também foram apresentados estádios de Argentina, Brasil, Chile, Peru, Equador e Uruguai, e para 2023 também foram acrescentados dois estádios da Colômbia.

A Conmebol anunciou que realizará um encontro virtual com os postulantes entre 25 e 26 de maio antes de apresentar uma proposta dos finalistas ao conselho do órgão que tomará a decisão. As cidades serão inspecionadas quando for possível viajar pela América do Sul novamente, acrescentou a entidade.

Os dois principais torneios da região estão suspensos por conta da pandemia do coronavírus, mas a final da edição atual da Copa Libertadores será no Maracanã. A final da Sul-americana 2020 será no estádio Mario Alberto Kempes, em Córdoba.

Reportagem de Daniela Desantis

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up