for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Spa recebe luz verde para GP da Bélgica sem torcedores

Pista do GP da Bélgica 29/08/2019 REUTERS/Johanna Geron/File Photo

(Reuters) - O Grande Prêmio da Bélgica de Fórmula 1, marcado para o final de agosto, mas ameaçado pela pandemia de Covid-19, pode ocorrer sem torcedores, disseram autoridades regionais nesta sexta-feira.

A temporada de Fórmula 1 ainda não começou. Três corridas foram canceladas e sete adiadas, mas os organizadores planejam iniciar a disputa em julho com duas provas a portas fechadas na Áustria.

O governo belga informou que nenhum evento esportivo ou cultural pode acontecer antes de 30 de junho, mas os clubes podem retomar o treinamento na presença de um treinador e com mais de 20 pessoas a partir de 18 de maio.

“O Grande Prêmio da Bélgica pode ser realizado com portões fechados, assim como todo treinamento prévio necessário”, informou a região belga da Valônia em comunicado.

O circuito de Spa-Francorchamps afirmou em seu site que implementou medidas de saúde e prevenção para cumprir as diretrizes.

A Fórmula 1 ainda não publicou um calendário revisado, com a detentora de direitos comerciais Liberty Media visando um cronograma reduzido de 15 a 18 corridas até dezembro e possivelmente janeiro.

A Bélgica estava agendada para 30 de agosto no calendário original.

Reportagem de Alan Baldwin em Londres

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up