for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Ibisevic assombra o Hoffenheim e Hertha vence na volta do Campeonato Alemão

HOFFENHEIM (Reuters) - O atacante bósnio do Hertha Berlim, Vedad Ibisevic, marcou contra seu ex-time, o Hoffenheim, na vitória por 3 x 0, pelo Campeonato Alemão, na vazia arena Rhein-Neckar, neste sábado, afastando-se da zona de rebaixamento.

Técnico do Hertha Berlin, Bruno Labbadia, comemora com jogadores do time apósa vitória contra o Hoffenheim, pelo campeonato alemão. 16/5/2020 Thomas Kienzle/Pool via REUTERS

O brasileiro Matheus Cunha também marcou no fim, após Kevin Akpoguma, do Hoffenheim, abrir o placar com um gol contra, sinal de que os donos da casa estão enferrujados no retorno da liga após pausa de dois meses pela pandemia de Covid-19.

A vitória levou o Hertha à 11ª colocação, com 31 pontos em 26 partidas, oito acima da zona de rebaixamento e a duas posições do Hoffenheim, em queda livre e com 35 pontos, agora sem vencer em sete jogos.

As arquibancadas vazias deram à partida um clima de pré-temporadas e, por vezes, a qualidade foi pobre, com passes errados e falta de compostura diante do gol, até o Hertha Berlim deslanchar no segundo tempo.

O resultado foi a estreia dos sonhos para o novo treinador Bruno Labbadia, que teve apenas sete sessões de treinos com a equipe após ser contratado para substituir Jürgen Klinsmann.

O Hertha teve a melhor chance do primeiro tempo com Cunha, recebendo a bola graças à persistência do seu companheiro de ataque Ibisevic, mas com apenas Oliver Baumann pela frente, deu um toque que permitiu que o goleiro fizesse a defesa.

O técnico do Hoffenheim, Alfred Schreuder, fez uma substituição no intervalo, colocando Maximilian Beier, de 17 anos no lugar do atacante togolês Ihlas Bebou.

O adolescente teve uma magnífica chance aos oito minutos do segundo tempo, ao receber de Sebastian Rudy, mas chutou para fora, perdendo a chance de se tornar o jogador mais jovem a marcar pelo Hoffenheim.

O placar foi aberto pelo adversário pouco depois, quando o chute de Peter Pekarik, que ia para fora, foi desviado pelo zagueiro Akpoguma em direção à sua própria rede.

Os visitantes dobraram a vantagem em dois minutos, quando o cruzamento de Maximilian Mittelstadt foi cabeceado às redes pelo enérgico Ibisevic, que passou cinco temporadas no Hoffenheim.

Cunha compensou seu erro anterior para selar os pontos, aos 29 minutos do segundo tempo, passando por dois defensores antes de marcar, quase sem ângulo, em uma linda jogada individual.

Reportagem de Nick Said

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up