June 8, 2020 / 1:48 PM / 2 months ago

Começa em Paris julgamento por corrupção do ex-chefe de atletismo Lamine Diack

Chegada de Lamine Diack a tribunal de Paris 08/06/2020 REUTERS/Gonzalo Fuentes

PARIS (Reuters) - Lamine Diack, ex-presidente da entidade que comanda o atletismo mundial, chegou ao tribunal em Paris na segunda-feira para ser julgado por acusações de corrupção, lavagem de dinheiro e quebra de confiança relacionadas a um escândalo de doping na Rússia.

Os promotores alegam que ele pediu 3,45 milhões de euros de atletas suspeitos de doping para encobrir as alegações e permitir que continuassem competindo, inclusive nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012.

Vestido com um terno cinza escuro, Diack, que completou 87 anos no domingo, leu o processo enquanto esperava a chegada dos juízes.

Ele já havia negado irregularidades. Seus advogados disseram que as acusações são infundadas.

Diack, do Senegal, liderou a Associação Internacional das Federações de Atletismo (Iaaf), agora rebatizada de World Athletics, de 1999 a 2015, e estava entre os homens mais influentes do esporte. Ele vive em prisão domiciliar em Paris e pode ser sentenciado a até 10 anos de prisão se for condenado.

O julgamento estava marcado para começar em janeiro, mas foi adiado depois que novos documentos contendo testemunhos de seu filho e co-réu, Papa Massata Diack, foram submetidos ao tribunal.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below