for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Campeonato Inglês recomeça com forte mensagem antirracismo

Jogadores de Aston Villa e Sheffield United se ajoelham em ato contra racismo na retomada do Campeonato Inglês 17/06/2020 Paul Ellis/Pool via REUTERS

BIRMINGHAM, Inglaterra (Reuters) - Aston Villa e Sheffield United recomeçaram o Campeonato Inglês nesta quarta-feira após um hiato de 100 dias causado pela crise de saúde da Covid-19 com uma forte declaração de apoio aos protestos mundiais contra o racismo.

Todos os nomes dos jogadores foram substituídos nas costas das camisas pelas palavras “Black Lives Matter (Vidas Negras Importam)”, já que a liga inglesa se uniu formalmente a uma campanha internacional de protesto desencadeada pela morte de George Floyd nos Estados Unidos.

Os jogadores e o árbitro, Michael Oliver, também se apoiaram em um joelho ao som do apito inicial após um momento de silêncio em homenagem aos mortos da pandemia.

Tratou-se de uma medida incomum da entidade, que normalmente insiste para que os jogadores se abstenham de manifestações abertamente políticas, mas que apoiou esforços anteriores para livrar o futebol do racismo.

A partida sob chuva no Villa Park também foi a primeira da história do Campeonato Inglês a ser disputada sem torcedores e com protocolos de saúde rigorosos em vigor.

Só 300 pessoas tiveram acesso ao estádio, divididas em três zonas de segurança para tentar restringir qualquer possível disseminação do novo coronavírus, que já matou quase 42 mil pessoas no Reino Unido.

Não se viu a rotina tradicional de início de partida – os times saíram de seus vestiários separadamente, os jogadores se alinharam a dois metros de distância e não trocaram apertos de mão. O jogo tampouco contou com gandulas.

Os dois times poderão fazer cinco substituições, outra novidade no esporte na Inglaterra vinda na esteira de concessões feitas pela Fifa para as ligas, obrigadas a condensar os calendários após o isolamento.

A partida foi a primeira de 92 a serem disputadas nas próximas seis semanas para encerrar a temporada inglesa.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up