for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Chefe de futebol da Nova Zelândia diz que sediar Copa feminina pode ser "transformador"

Torcedores interagem em partida entre Canadá e Nova Zelândia 15/06/2019 REUTERS/Denis Balibouse

WELLINGTON (Reuters) - O chefe de futebol da Nova Zelândia, Andrew Pragnell, disse que a candidatura conjunta para sediar a Copa do Mundo Feminina de 2023 com a Austrália pode ser um modelo de cooperação entre confederações da Fifa e que o evento pode transformar o esporte na Oceania.

Presidente-executivo da NZF, Pragnell afirmou à Reuters que o momento era certo para lançar candidatura à Copa do Mundo, que foi ampliada de 24 para 32 equipes depois que o torneio de 2019 na França atraiu grande público na televisão e interesse comercial.

A proposta conjunta recebeu a classificação mais alta em um relatório de avaliação da Fifa no início deste mês e ganhou outro impulso na segunda-feira, quando o Japão se retirou da disputa, deixando a Colômbia como única concorrente rival.

“Se você acompanhar o crescimento do evento, ele só vai por um caminho”, disse Pragnell antes da votação de quinta-feira. “Está crescendo exponencialmente”.

“Certamente, para a Nova Zelândia, o momento era certo...para fazer parceria com a Austrália. Era para eles também.”

Pragnell acrescentou que o processo de candidatura fortaleceu o relacionamento entre os vizinhos, que atuam em diferentes confederações da Fifa --Nova Zelândia na Oceania e Austrália na zona asiática.

“Somos um exemplo perfeito de como Ásia e Oceania, como duas confederações separadas, devem trabalhar lado a lado em tantas questões”, disse ele, acrescentando que um dos principais objetivos da Fifa era uma cooperação mais estreita entre as confederações.

“Há uma grande oportunidade aqui...para todos os outros 10 membros da Oceania, de poderem participar plenamente do evento”, afirmou. “Tem o potencial de ser...transformador”.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up