for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Técnico da Juventus confia que Pjanic manterá foco após transferência ao Barça

Meio-campista Miralem Pjanic em partida entre Juventus e Lecce 26/06/2020 REUTERS/Massimo Pinca

(Reuters) - O técnico da Juventus, Maurizio Sarri, está confiante de que o meio-campista Miralem Pjanic não vai se distrair com sua mudança para o Barcelona no final da temporada e acredita que o bósnio deixará o clube de Turim em alta.

Pjanic sofreu uma queda de rendimento nesta temporada, aparentemente com dificuldades para se adaptar ao estilo de jogo de Sarri, e a transferência para o Barcelona foi confirmada na segunda-feira em troca com o brasileiro Arthur Melo.

“Não falei com Miralem estes dias, mas conversamos com frequência durante o isolamento, quando perguntamos o motivo de seu declínio”, disse Sarri depois que a Juventus venceu por 3 x 1 o Genoa na terça-feira e ficou com quatro pontos de vantagem no topo do Campeonato Italiano.

“Nesse período, tenho certeza de que ele se sairá muito bem”, acrescentou Sarri. “Ele parece muito bem integrado com seus companheiros de equipe e comissão, então não tenho preocupações.”

Jogador talentoso que gosta de orquestrar o meio-campo a partir de uma posição em frente à defesa, Pjanic trocou a Roma pela Juventus em 2016 e conquistou o título da Série A nas três primeiras temporadas no clube sob o comando de Massimiliano Allegri.

Quando Sarri assumiu o cargo, ele disse que queria dar a Pjanic um papel mais abrangente e definiu que o jogador tinha que dar 150 toques na bola por partida. Pjanic gostou da mudança, mas sua forma caiu entre janeiro e março.

Isso levou a uma avaliação surpreendentemente franca de Sarri, pouco antes do recomeço da temporada, em junho.

“Um jogador não pode ter quatro ou cinco performances abaixo da média, como ele fez”, disse o técnico. “E ele concorda comigo. Ele tem que se convencer de que é um grande jogador. Até os grandes podem cometer erros, mas eles os cometem uma ou duas vezes e depois levantam a cabeça”.

Por Brian Homewood

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up