for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Turquia volta ao calendário da F1 e GP da China é cancelado

Grande Prêmio da Turquia 05/08/2011 Action Images/Crispin Thruston

LONDRES (Reuters) - A Fórmula 1 completou seu calendário de 2020 com 17 corridas nesta terça-feira, com o Grande Prêmio da China cancelado devido à pandemia de Covid-19, mas a Turquia voltou pela primeira vez desde 2011 e Bahrein ganhou duas provas.

Em comunicado, a F1 informou que o circuito turco de Istambul Park sediará uma corrida em 15 de novembro, antes de uma dobradinha no Bahrein no final de novembro e início de dezembro, enquanto Abu Dhabi encerrará a temporada em 13 de dezembro em Yas Marina.

Um número limitado de torcedores poderá assistir a algumas das corridas. Os organizadores do Grande Prêmio da Rússia já estão vendendo ingressos para a corrida de Sochi em setembro.

Todos os seis grandes prêmios realizados até agora, desde o início da temporada atrasada na Áustria, em julho, foram disputados com portões fechados.

A Fórmula 1 havia confirmado apenas 13 corridas até terça-feira, todas elas na Europa, após o cancelamento das provas nas Américas, mas equipes e pilotos agora têm uma ideia clara de quantas corridas o campeonato terá.

A programação original, publicada antes da pandemia, previa um recorde de 22 corridas.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up