for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Reformulação do Barcelona deve contar com saída de Suárez

Luis Suárez após partida entre Barcelona e Liverpool 07/05/2019 Action Images via Reuters/Carl Recine

BARCELONA (Reuters) - Após seis anos repletos de gols que renderam ao Barcelona 13 troféus, Luis Suárez pode estar caminhando para uma saída sem cerimônia do Camp Nou.

O uruguaio foi o segundo maior artilheiro do Barça na temporada passada, atrás do capitão Lionel Messi, mas as especulações sobre seu futuro aumentaram depois que ele não constou em uma lista de jogadores que não estão à venda anunciada pelo presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu. O clube preparada grandes mudanças após a derrota por 8 x 2 para o Bayern de Munique na Liga dos Campeões.

A rádio catalã Rac1 noticiou na segunda-feira que o atacante havia sido informado pelo novo técnico do Barça, Ronald Koeman, de que ele não estava em seus planos para a próxima temporada.

Os jornais esportivos da Espanha seguiram o exemplo na terça-feira: “Adiós Suárez” foi capa do Sport, de Barcelona, enquanto o jogador de 33 anos também apareceu em outros três jornais esportivos nacionais.

“Koeman não os quer”, informou o Mundo Deportivo, retratando Suárez, Ivan Rakitic, Arturo Vidal e Samuel Umtiti. “Começa a limpeza”, disse o jornal AS, enquanto o Marca mostrou Suárez saindo de uma porta com a manchete ‘Limpa no Barça’.

O representante de Barcelona e Suárez não quis comentar as notícias, embora o uruguaio tenha manifestado seu descontentamento em entrevista ao jornal El Pais no domingo.

“As pessoas estão falando sobre os nomes que o presidente deu, sobre as mudanças que podem acontecer, mas ninguém me disse que quer se livrar de mim”, afirmou.

“Passei seis anos no Barça - tempo suficiente para eles me dizerem o que pensam.”

Suárez marcou 198 gols em 283 jogos pelo Barcelona e ultrapassou Laszlo Kubala como o terceiro maior artilheiro de todos os tempos do clube em julho passado, atrás apenas de Cesar e do maior artilheiro Messi.

Reportagem de Richard Martin

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up