for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Rashford cria força-tarefa com marcas de comida para alimentar crianças

Atacante Marcus Rashford durante treino do Manchester United 09/08/2020 Sascha Steinbach/Pool via REUTERS

(Reuters) - O atacante do Manchester United e da seleção inglesa Marcus Rashford anunciou nesta terça-feira ter formado uma força-tarefa com algumas grandes marcas de alimentos para ajudar a combater a fome entre as crianças.

Rashford ganhou muitos elogios depois que o jovem de 22 anos fez uma campanha bem-sucedida para que os cupons de alimentação escolar fossem fornecidos durante as férias de verão no Reino Unido, revelando que ele contava com esse apoio quando menino.

Ao anunciar o grupo contra a pobreza alimentar infantil que inclui Aldi, Asda, Tesco, Deliveroo, Sainsbury’s e Kellogg’s, entre outros, Rashford escreveu uma carta aberta ao Parlamento endossando três recomendações de políticas da Estratégia Alimentar Nacional, que inclui a expansão da merenda escolar gratuita para crianças cujas famílias têm crédito universal e o aumento do valor dos vouchers Healthy Start.

“Sinto que às vezes as pessoas pensam que estão sendo desprezadas se pedem ajuda, e acho que nesta geração...isso é algo que deve mudar”, disse Rashford à BBC.

“Sinta-se à vontade se quiser pedir ajuda...mantenha a cabeça erguida e, se precisar de ajuda, vá buscar ajuda.”

“Tivemos que pensar na melhor maneira de fazer isso, pensar em como essas famílias podem se alimentar a longo prazo e não ter problemas. Queríamos fazer da melhor maneira...colocar as melhores pessoas no nosso grupo”, completou.

Rashford também ajudou a arrecadar cerca de 20 milhões de libras com a instituição de caridade Fareshare UK para fornecer refeições para famílias em dificuldades durante a pandemia de Covid-19.

Reportagem de Shrivathsa Sridhar em Bengaluru

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up