for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Arsenal mira retorno de torcedores ao Emirates Stadium em outubro

Arsenal e Liverpool se enfrentam no Emirates Stadium, em Londres 14/06/2020 REUTERS/Paul Childs/Pool

(Reuters) - O Emirates Stadium, do Arsenal, pode voltar a ter o som do grito de torcedores no mês que vem, depois que o clube inglês informou nesta quarta-feira que planeja permitir um público reduzido.

As partidas foram disputadas em estádios vazios desde junho, quando houve a retomada da Premier League, após suspensão do isolamento causado pelo coronavírus.

Mas na semana passada, 2.500 torcedores foram autorizados a entrar no Amex Stadium, do Brighton & Hove Albion, para um amistoso de pré-temporada contra o Chelsea, depois que o governo anunciou eventos-teste para o retorno dos espectadores ao esporte de elite.

“Esperamos poder receber os torcedores de volta ao Emirates Stadium com capacidade reduzida a partir do jogo contra o Sheffield United, agendado para sábado, 3 de outubro”, disse o Arsenal.

“Quando os torcedores retornarem ao Emirates Stadium, medidas adicionais serão tomadas para proteger todos nós. Estas são circunstâncias claramente excepcionais e a saúde, segurança e proteção de todos são nossa prioridade”, acrescentou o clube do norte de Londres em um comunicado.

Vencedor da FA Cup, o Arsenal, que também conquistou a Supercopa da Inglaterra na semana passada ao derrotar o Liverpool por 5 x 4 nos pênaltis, começa sua campanha na Premier League diante do Fulham em 12 de setembro.

Reportagem de Manasi Pathak em Chennai

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up