for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Campeão da F1 Hamilton cria equipe para série elétrica Extreme E

Piloto Lewis Hamilton durante GP da Austrália 12/03/2020 REUTERS/Tracey Nearmy

LONDRES (Reuters) - O seis vezes campeão da Fórmula 1 Lewis Hamilton, um defensor declarado do meio ambiente e da sustentabilidade, está entrando com sua própria equipe em uma nova série off-road elétrica Extreme E que destaca as mudanças climáticas.

A primeira corrida está marcada para o início de 2021 e a equipe de Hamilton será a X44, em referência ao número de corrida do piloto da Mercedes.

O britânico, que não vai pilotar nem se envolver nas operações do dia-a-dia, é o maior nome vinculado a uma série que inclui as equipes Andretti United e Chip Ganassi Racing, baseadas nos Estados Unidos.

“Extreme E é uma nova iniciativa de sustentabilidade empolgante e é uma grande oportunidade de estar envolvido desde o início como fundador de equipe”, disse Hamilton em um comunicado.

“É claro que minhas ambições e compromissos com a Mercedes na Fórmula 1 significam que não estarei operacionalmente envolvido na X44, mas estou animado para desempenhar um papel diferente nesta nova série, que traz minha visão de um mundo mais sustentável e igualitário.”

Hamilton, que é vegano, afirmou no ano passado que estava tentando reduzir sua pegada de carbono.

As corridas Extreme E, disputadas sem espectadores mas com transmissão ao vivo na TV e nas redes sociais, serão realizadas em alguns dos ambientes mais remotos e hostis, incluindo a floresta tropical brasileira, Groenlândia, desertos da Arábia Saudita e montanhas do Nepal.

Os locais já estão danificados ou gravemente ameaçados por uma série de problemas, como aumento do nível do mar ou desmatamento. As equipes correrão com SUVs idênticos, cada uma tendo um piloto masculino e feminino.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up