for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Maya Gabeira quebra próprio recorde de maior onda surfada por uma mulher

Maya Gabeira durante competição na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro 12/05/2011 REUTERS/Sergio Moraes

(Reuters) - A brasileira Maya Gabeira quebrou seu próprio recorde mundial de maior onda surfada por uma mulher, descendo uma onda gigante de 22,4 metros de altura em Nazaré, em Portugal, e ofuscando alguns dos principais surfistas da categoria masculina.

A surfista, que quebrou a perna e quase se afogou no mesmo lugar em 2013, foi levada por jet-ski para sua onda vencedora durante uma competição de ondas grandes da Liga Mundial de Surfe (WSL), em fevereiro.

A onda não só superou seu recorde de 20,7 metros de 2018, também em Nazaré, como também foi a maior onda já surfada por qualquer atleta ao longo do ano passado.

“Esse recorde mundial realmente me parece bem incrível, pois o tamanho da onda foi maior do que a da categoria masculina neste ano”, disse Gabeira. “Isso significa que uma mulher surfou a maior onda do ano no geral, e isso pra mim é louco”.

“Eu sonhava com isso há anos, mas não como algo realista, pois não havia representatividade para que eu acreditasse que isso seria possível”, afirmou.

O vencedor da maior onda do ano, o havaiano Kai Lenny, surfou uma onda de 21,3 metros em Nazaré. O recorde da categoria masculina continua a 24,4 metros de altura.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up