for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Hamilton conquista pole position e mira recorde de Schumacher na F1

F1 - GP da Rússia - Lewis Hamilton comemora pole position . Bryn Lennon/Pool via REUTERS

(Reuters) - O líder do campeonato da Fórmula 1, Lewis Hamilton, recuperou-se de um mau começo nas eliminatórias do Grande Prêmio da Rússia neste sábado e conquistou a pole position com sua Mercedes para o que pode ser sua 91ª vitória na categoria, igualando recorde histórico.

Max Verstappen da Red Bull conquistou o segundo lugar no grid de largada para a corrida em Sochi, com o companheiro de equipe de Hamilton e rival mais próximo na tabela, Valtteri Bottas, tendo que se contentar com o terceiro posto.

Hamilton igualará o recorde de vitórias de todos os tempos de Michael Schumacher caso conquiste sua sétima vitória da temporada neste domingo.

A pole position foi a 96ª na carreira do hexacampeão mundial, embora ele tenha encerrado a sessão qualificatória sendo questionado pelos comissários, junto com outros três pilotos, por não ter voltado à pista da maneira correta na segunda curva.

O campeão já havia se recuperado do drama na segunda fase da qualificação, quando Sebastian Vettel bateu com sua Ferrari e forçou bandeiras vermelhas na pista faltando dois minutos e 15 segundos para o fim.

Hamilton era o 15º e ainda não havia concluído uma volta válida àquela altura. Ele teve de esperar com paciência, mal lhe restando tempo para fazer volta e chegar à última disputa entre os 10 primeiros.

Mas o britânico conseguiu o feito e depois quebrou o recorde da pista na fase final com uma volta de 1:31.304.

Verstappen ainda tirou Bottas da primeira linha do grid com o tempo de 1:31.867.

“Foi uma das sessões de qualificação mais difíceis de que me recordo”, disse Hamilton.

Tradução Redação São Paulo, 55 11 5644 7519 REUTERS LC

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up