for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Neymar supera Ronaldo e se torna 2º maior artilheiro da seleção brasileira

Neymar durante partida da seleção brasileira contra o Peru, em Lima 13/10/2020 Paolo Aguilar/Pool via REUTERS

(Reuters) - Neymar ultrapassou Ronaldo e chegou ao segundo lugar, atrás apenas de Pelé, na lista de artilheiros da seleção brasileiros de todos os tempos, depois de marcar três gols na vitória por 4 x 2 sobre o Peru na terça-feira em uma partida pelas eliminatórias para a Copa do Mundo.

O atacante do Paris St Germain tem agora 64 gols, dois a mais que Ronaldo e 13 atrás de Pelé, que encabeça a lista com 77, de acordo com a contagem da Fifa.

O técnico da seleção brasileira, Tite, estava relutante em comparar sua estrela atual com grandes nomes do passado.

“É injusto fazer comparações”, disse ele.

“O que posso dizer é que o Neymar tem essa imprevisibilidade. Ele é o arco e a flecha, ele é um jogador que tanto faz como se arrisca. E ele fica cada vez melhor e mais maduro.”

Na terça-feira, Neymar igualou e depois ultrapassou Ronaldo com dois pênaltis, antes de conquistar o 64º gol durante os acréscimos no Estádio Nacional de Lima.

O jogador de 28 anos comemorou segurando o número nove com as mãos no que parecia ser uma homenagem a Ronaldo, ex-atacante do Barcelona, Real Madrid e Corinthians.

Neymar, que estreou pelo Brasil em 2010, marcou 64 gols em 103 jogos.

Por Andrew Downie em Londres

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up