for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Barcelona não está entre favoritos ao título da Liga dos Campeões, diz Koeman

BARCELONA (Reuters) - O técnico do Barcelona, Ronald Koeman, acredita que a equipe não está entre as favoritas para conquistar o título da Liga dos Campeões nesta temporada

Koeman, no Auditorium 1899, Barcelona 19/8/2020 REUTERS/Albert Gea

Em declaração feita antes da partida em casa contra o Ferencvaros, da Hungria, na estreia da equipe no Grupo G da Liga dos Campeões, Koeman minimizou as afirmações da imprensa de que os catalães podem ser campeões europeus.

“Quando você está no Barcelona, você sempre quer estar lá brigando por troféus, seja na La Liga, seja na Europa. Não somos os favoritos, mas podemos ir longe”, disse ele em entrevista coletiva.

Os fracassos recentes do Barça na Liga dos Campeões --chegaram somente uma vez à semifinal desde o último título conquistado em 2015-- foram citados por muitos como a principal razão para a estrela do time, Lionel Messi, querer deixar o clube na última janela de transferências.

O atacante argentino já manifestou diversas vezes a vontade de voltar a levantar o troféu da competição, e esta temporada pode ser a última chance de conseguir isto no Barcelona, já que seu contrato com o clube termina afinal da atual temporada.

“No momento, você pode talvez dizer que as performances dele poderiam ser melhores”, disse Koeman sobre o desempenho de Messi, capitão da equipe de 33 anos, após o Barça perder por 1 x 0 para o Getafe pelo Campeonato Espanhol no sábado.

“Mas quando você o vê no dia-a-dia, ele está feliz e quer jogar e ser o capitão da equipe. Não tenha nenhuma queixa ou dúvida sobre o esforço dele.”

A partida contra o Ferencvaros vem dias antes do primeiro El Clásico da temporada, quando a equipe receberá o Real Madrid. Mas Koeman disse que o foco está na Liga dos Campeões por ora.

“Sabemos que não será um jogo fácil. Vamos escalar uma equipe forte. O jogo de sábado não é importante agora --o importante é o jogo de amanhã. Será um jogo difícil, pois não há adversário fácil atualmente”, afirmou.

“É sempre importante vencer o jogo de estreia na fase de grupos da Liga dos Campeões, especialmente em casa.”

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up