for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Piqué crítica Barcelona por situação contratual de Messi

Gerard Piqué durante amistoso de pré-temporada do Barcelona contra o Gimnástic Tarragona 12/09/2020 REUTERS/Albert Gea

MADRI (Reuters) - Gerard Piqué, zagueiro do Barcelona, criticou o clube pela maneira como lida com a situação contratual de Lionel Messi, o que fez o meia-atacante tentar deixar o clube na pré-temporada.

A crítica veio na véspera do primeiro clássico com o Real Madrid nesta temporada e dois dias depois de Piqué, de 33 anos, renovar o contrato com o Barça por três anos --e também na iminência de uma moção de desconfiança contra a diretoria do time.

O presidente do clube, Josep Bartomeu, foi alvo de uma entrevista contundente de Messi, que acabou ficando no Camp Nou, mas o relacionamento entre os dois parece irreparável, algo que deixou Piqué espantado.

“Eu me pergunto: como é possível que o melhor jogador que o esporte já teve, que temos a sorte de aproveitar, acorda um dia e envia um Burofax (correspondência registrada) porque sente que não está sendo ouvido?”, disse Piqué ao jornal La Vanguardia.

“É tudo agressivo demais. O que está acontecendo? Messi merece tudo; o novo estádio deveria receber seu nome primeiro, e depois o do patrocinador. Deveríamos preservar nossas figuras de proa, não menosprezá-las. Isso realmente mexe comigo.”

O zagueiro também comentou reportagens segundo as quais Bartomeu sabia que o time contratou uma agência de redes sociais para criticar os jogadores no início deste ano.

Bartomeu nega as alegações.

Por Joseph Cassinelli

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up