for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Stroll surpreende com a pole position para o GP da Turquia; Hamilton larga em sexto

ISTAMBUL (Reuters) - O canadense Lance Stroll conseguiu neste sábado uma surpreendente pole position, sua primeira na Fórmula 1, em um treino classificatório maluco e sob chuva para o Grande Prêmio da Turquia, que encerrou a sequência de 14 provas com um carro da Mercedes largando em primeiro lugar, desde Abu Dhabi, etapa final da temporada 2019.

Enquanto o piloto de 22 anos da Racing Point comemorou efusivamente pelo rádio, o hexacampeão mundial Lewis Hamilton se classificou para largar apenas em sexto lugar na corrida que deve coroá-lo campeão mundial pela sétima vez, igualando o recorde de Michael Schumacher.

Seu companheiro de Mercedes e único concorrente restante, Valtteri Bottas, largará em nono lugar e precisa anotar oito pontos a mais que Hamilton para manter chances matemáticas de título, a três corridas do fim da temporada depois de domingo.

Stroll, cujo pai bilionário Lawrence é dono da equipe com sede em Silverstone, correspondeu quando mais importava, com a Racing Point calculando perfeitamente a mudança de pneus de chuva para intermediários.

Max Verstappen, da Red Bull, formará a primeira fila ao lado de Stroll, uma decepção para o holandês, que liderou todos os treinos antes da classificação.

O mexicano Sergio Pérez, da Racing Point, foi o terceiro colocado, após ter assumido a pole provisória com pneus intermediários antes da volta voadora de Stroll, com Alexander Albon, da Red Bull, em quarto.

O australiano Daniel Ricciardo, da Renault, ficou em quinto lugar, à frente de Hamilton, que detém o recorde de 97 poles na Fórmula 1, mas sofreu para encontrar aderência.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up