for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up

Djokovic chega à semifinal do ATP Finals e pode enfrentar Nadal na final

Novak Djokovic comemora vitória sobre Alexander Zverev no ATP Finals em Londres 20/11/2020 Action Images via Reuters/Paul Childs

LONDRES (Reuters) - A edição de despedida do ATP Finals em Londres ainda pode ter a final dos sonhos, depois que o número um do mundo, Novak Djokovic, venceu Alexander Zverev por 6-3 e 7-6 (4) para garantir vaga entre os quatro melhores da competição nesta sexta-feira.

A derrota para o russo Daniil Medvedev deixou o cinco vezes campeão do torneio precisando de uma vitória sobre o alemão Zverev para evitar a eliminação na fase de grupos, e ele conseguiu um triunfo relativamente tranquilo.

“Ao contrário do que aconteceu contra o Daniil, encontrei os golpes certos no momento certo”, afirmou o sérvio.

Djokovic terminará em segundo no Grupo Tóquio, batizado com o nome da primeira edição do torneio de encerramento da temporada há 50 anos. O número dois do mundo, o espanhol Rafael Nadal, ficou em segundo no Grupo Londres, o que evitou um confronto entre eles na semifinal.

O sérvio de 33 anos enfrentará o campeão do Aberto dos Estados Unidos, Dominic Thiem, na semifinal de sábado, quando Nadal encara Medvedev.

A final de domingo encerrará a memorável estada de 12 anos do torneio em Londres, antes de se mudar para Turim.

Djokovic tenta igualar o recorde de Roger Federer de seis títulos do ATP Finals, enquanto Nadal busca o primeiro.

for-phone-onlyfor-tablet-portrait-upfor-tablet-landscape-upfor-desktop-upfor-wide-desktop-up