3 de Agosto de 2015 / às 19:38 / em 2 anos

Húngara Hosszu vence 200m medley com recorde; Nicolas Santos leva prata nos 50m borboleta

KAZAN, Rússia (Reuters) - A húngara Katinka Hosszu confirmou sua condição de melhor nadadora de todas as modalidades quebrando o recorde mundial nos 200 metros medley individual no Campeonato Mundial nesta segunda-feira.

Katinka Hosszu comemora ouro nos 200m medley em Kazan. 3/8/2015. REUTERS/Michael Dalder

O francês Florent Manadou venceu os 50m borboleta, derrotando o brasileiro Nicolas Santos com 22seg97. Cesar Cielo ficou na sexta colocação.

Em um dia no qual outros dois recordes mundiais caíram – nos 100 metros borboleta graças à sueca Sarah Sjostrom e nos 1.500 metros livre por conta da norte-americana Katie Ledecky – , Hosszu, eleita a Nadadora do Ano em 2014, levou o ouro em 2min6seg12.

A atleta de 26 anos tirou 0,03 seg da marca anterior, estabelecida pela norte-americana Ariana Kukors no Mundial de 2009.

A japonesa Kanako Watanabe ficou com a prata, 2seg33 atrás de Hosszu, e a britânica O‘Connor levou o bronze.

“Obviamente o recorde estava na minha cabeça, era meu objetivo”, disse Hosszu aos repórteres. “Foi simplesmente perfeito.”

Sarah Sjostrom cravou seu segundo recorde mundial em 24 horas vencendo fácil os 100 metros borboleta. Seu tempo de 55seg64 foi melhor que sua marca anterior de 55seg74, obtida na semifinal de domingo, quando se tornou a segunda mulher da história a fazer a prova em menos de 56 segundos.

“Estou realmente feliz por ter conseguido me mostrar, mostrar que consigo nadar rápido mesmo com toda aquela pressão”, declarou.

Katie Ledecky marcou 15 min27seg71 nos 1.500 metros, batendo seu recorde mundial anterior, conquistado no Campeonato Pan Pacífico em agosto de 2014.

Já o britânico Adam Peaty conquistou seu primeiro título mundial nos 100 m de costas depois de 12 meses intensos no circuito internacional.

O nadador de 20 anos e recordista mundial tirou o ouro do sul-africano Cameron van der Burgh com o tempo de 58seg52, superando o campeão olímpico nas três últimas braçadas para vencer por 0seg07 e acrescentar mais um item à sua coleção de troféus. O também britânico Ross Murdoch garantiu o bronze.

“Virei e vi os pés dele e pensei ‘certo, vou ter que alcançá-lo’”, disse Peaty, detentor do recorde mundial de 57seg92. “Faltando 25 metros ele ainda estava na frente, mas treinei para momentos como esse.”

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below