4 de Setembro de 2015 / às 14:23 / em 2 anos

COI vai criar fundo de US$2 milhões para refugiados

BERLIM (Reuters) - O Comitê Olímpico Internacional (COI) decidiu nesta sexta-feira criar um fundo para refugiados de dois milhões de dólares, à medida que a crise migratória aumenta na Europa.

Presidente do COI, Thomas Bach, durante evento em Seul. 19/08/2015 REUTERS/Kim Hong-Ji

Dezenas de milhares de pessoas fugiram do conflito sírio nas semanas recentes, viajando pela Turquia e Grécia para seguir para o norte e centro da Europa.

“Todos fomos tocados pelas terríveis notícias e histórias nestes dias recentes”, disse o presidente do COI, Thomas Bach, em nota.

“Com esta crise terrível se desenvolvendo pelo Oriente Médio, África e Europa, o esporte e o Movimento Olímpico queriam participar para levar ajuda humanitária aos refugiados”, disse.

A quantia será distribuída por projetos propostos pelos comitês olímpicos nacionais e outros interessados, e o processo inteiro será feito de maneira “extremamente rápida”, devido a natureza da crise, segundo o COI.

“Fizemos uma decisão rápida e queremos tomar ações e tornar o fundo disponível imediatamente”, acrescentou Bach.

Reportagem de Karolos Grohmann

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below